Secretária sofre represália após declarar apoio a Solla

0
437
M

Jacklene Santos teve licença revogada e terá que pedir exoneração imediata do cargo

A secretária de Saúde de Santa Bárbara, Jacklene Mirne Gonçalves Santos, teve a cessão cancelada pelo prefeito da cidade de Mutuípe, Rodrigo Maicon de Santana Andrade, conhecido como Digão (MDB), após declarar apoio ao deputado federal Jorge Solla, candidato à reeleição. Ela é servidora de Mutuípe e cedida pelo município para participar da gestão de Santa Bárbara.

Digão é adversário de Solla e teve a gestão denunciada pelo petista, em março deste ano, após o município ter cancelado cirurgias eletivas no Hospital Célia Rebouças.

“No inicio da atual gestão, ela foi cedida para assumir cargo de secretária de Saúde da cidade de Santa Bárbara. Ela pediu licença e tinham liberado. Na semana passada, ela organizou uma plenária da nossa campanha. O prefeito cancelou a licença dela. Ela vai ter que deixar a secretaria e vai prejudicar a saúde do outro município. Cancelou por represália política”, disse Solla aobahia.ba.

Com o cancelamento da licença, Jacklene precisa pedir exoneração imediata do cargo ou poderá ser exonerada do quadro de servidores de Mutuípe. Ela disse que ainda avalia a decisão que irá tomar, já que foi dado um prazo de cinco dias, e lamenta os transtornos que podem causar a troca de gestão na secretaria sem transição adequada.

Fonte: Bahia.Ba

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here