Salvador deve receber 3,7 milhões de turistas até março

0
439

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult)  da Prefeitura de Salvador estima que 3.770.107 turistas venham à capital baiana até o final de março, quando termina o Verão. O dado, que foi divulgado neste domingo (13),  é superior em aproximadamente 8%, quando comparado ao mesmo período do verão anterior (3.490.995 entre os meses de dezembro 2017 e março de 2018).

Destes, 83,8% são brasileiros e 16,2% estrangeiros. Dos brasileiros, 60,1% são do interior da Bahia e 39,9% são de outros estados (com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Sergipe, respectivamente). Dos turistas estrangeiros, a maioria vem da Argentina, França, Itália, Portugal e Alemanha.

Segundo levantamento da Secult, São Paulo é o estado que mais importa turistas para Salvador durante o Verão, período entre dezembro e março.

Nesta semana, Salvador foi indicada como um dos principais destinos internacionais a serem conhecidos em 2019 pela lista “52 Places to Go in 2019” (“52 Lugares para Ir em 2019”, em inglês), publicada pelo jornal The New York Times.

Leia também: Experimente outra Salvador: conheça lugares além do óbvio

No artigo, também foram citados como atrativos os empreendimentos Fera Palace Hotel e recém-inaugurado Fasano Salvador, ambos com vista para a Baía de Todos-os-Santos.

“Um dos exemplos de como a cidade está no topo da lista dos turistas nacionais e internacionais deste verão é a forma como o Pelourinho está lotado de turistas. Eles estão por todos os cantos, lotando restaurantes, hotéis, equipamentos turísticos e fazendo a alegria dos comerciantes formais e informais. Isso significa mais emprego e renda para os soteropolitanos. E uma cidade mais alegre e sempre receptiva”, declara o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco.

Para Antonio Mazzafera, CEO e co-fundador do Fera Palace Hotel, primeiro hotel de luxo da Bahia, localizado na Rua Chile, o cuidado com a cidade está estimulando a presença de turistas em Salvador. “A cidade está de cara nova, limpa, bem arrumada, linda, Orla bem restaurada, obras que vão mudar o cenário do turismo na cidade”, afirma.

Ele diz que a ocupação do Fera Palace Hotel, importante equipamento também dentro do processo de revitalização do Centro Histórico, tem sido de 70%. Como se trata de um empreendimento de luxo, ele explica que é natural que a ocupação seja inferior à maioria de hotéis da cidade, que chega a ter a média de 90% de ocupação em períodos da alta estação (no Réveillon alcançou 95%). “Estamos confiantes, mas precisamos reforçar sempre mais o calendário de eventos de Salvador durante todo o ano, porque é preciso ter uma ocupação interessante o ano inteiro”, diz.

Já durante o Carnaval, realizado este ano de 28 de fevereiro a 6 de março, a expectativa de Mazzafera é que o Fera Palace Hotel alcance 100% de ocupação. “É nesta época que os hotéis conseguem fazer reserva para aguentar todo o resto do ano”, afirma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here