Times entram com ação formal na Liga Trobogy solicitando punição

0
263
Foto: Ivonei Silva // Fair Play Agência Criativa

As equipes do Coroas do Morro com o diretor e técnico Ricardinho, e do Borussia através de seu presidente Pio Marques, entraram formalmente com pedido de anulação dos pontos do Velha Guarda. Os clubes alegaram o descumprimento do acordo firmado entre os responsáveis diretos pelos times que chegaram ao seguinte consenso: foi definido que todas as equipes poderiam incluir no seu plantel apenas 01 (um) atleta com 39 anos que fizesse aniversário até dezembro de 2021, há áudios e textos (já que por conta da pandemia se evitou reuniões presenciais) que confirmam o acordo consentido por todos os times participantes do torneio.

A quebra de acordo:

Segundo as duas equipes que se sentiram prejudicadas, o Velha Guarda, entrou na primeira partida contra o time dos Coroas do Morro, com 3 atletas com idade de 39 anos, o mesmo ocorrido no último domingo (25) contra a equipe do Borussia do Vila Mar, assim o Velha Guarda corre o risco de perder os pontos adquiridos nos confrontos.

Em contato com nossa equipe, um dos diretores Velha Guarda alegou que está dentro das normas, seguindo rigorosamente o regulamento que em seu artigo 5º e parágrafo único reza que:  Poderão participar atletas que atendam  o requisito de ter nascido até o ano de 1981, na data do início do torneio.

Neste caso o atleta que completar 40 anos “após” dia 20 de junho (data de início do torneio) não poderá atuar pelas equipes. Só que, como foi redigido no primeiro parágrafo desta matéria, as equipes entraram em acordo para liberar 1 atleta, apenas 1 que completasse 40 anos até dezembro, porém as equipes supostamente prejudicadas alegam que o time beneficiado entrou com 3 atletas, portanto 2 estariam irregulares.

O caso ainda está sendo analisado e nossa equipe está acompanhando tudo de perto para informar na íntegra para vocês, leitores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here